MEU SIGNO 

COMBINA 

COM O SEU?

por Luciana Leme

Essa é uma das perguntas mais freqüentes em nosso site. A maioria das mensagens que recebemos contém o mesmo tipo de questão: “Meu namorado é áries, eu sou touro, vai dar certo?” Quer saber? Não temos a menor idéia. Não são signos que combinam e sim pessoas. E cada pessoa traz em seu mapa natal todos os signos do zodíaco. O signo solar, esse que conhecemos desde pequeninos, nos informa muito a respeito de alguém, mas não tudo. Cada pessoa é a totalidade de seu mapa, não apenas o seu signo solar, lunar ou seu ascendente. E numa sinastria, que é a combinação entre os mapas de duas pessoas, importa bem mais as combinações do tipo “Sol de um com Lua de outro, Marte de um com Vênus de outro, etc.”

Mas vou contar um segredinho. Há uma maneira de combinar signos, sim. Podemos usar os elementos para isso. Posso dizer que signos de mesmo elemento “combinam” entre si. Então fogo combina com fogo, terra com terra, ar com ar e água com água. Também “combinam” signos cujos “elementos se ajudam”, por exemplo: Terra combina com água, pois a água ajuda a terra a ser mais produtiva, e a terra dá a água forma e limite. Sem chuva nossa terra fica árida, e sem os limites da terra os rios transbordam, inundam e arruínam as plantações. O signo de terra pode ajudar a trazer mais realidade e senso prático ao signo de água, sempre mais emotivo e sonhador. E o signo de água traz mais sonho e fantasia à realidade nua e crua do signo de terra.

O ar ajuda o fogo a se manter. Se acabar o oxigênio o fogo se extingue, né? O ar ainda faz o fogo crescer. O fogo transforma o ar, aquece, dá movimento. São portanto elementos compatíveis e que se auxiliam em suas características. O signo de ar pode ajudar o signo de fogo a pensar antes de agir impulsivamente e o signo de fogo faz o signo de ar ser menos indeciso e ter mais iniciativa.

Raciocinando dessa maneira podemos dizer que a água não “combinaria” com o fogo nem com o ar. A água apaga o fogo e não interage de forma relevante com o ar. E a terra também, apaga o fogo e não se mistura com o ar. A emotividade do signo de água combinada com o impulso do fogo pode gerar atos passionais demais. Assim como o senso de responsabilidade do signo de terra inibiria a espontaneidade do signo de fogo.

Já chegamos então a uma formulazinha para “combinar” os signos. Verdade seja dita, que funciona bem melhor no nosso próprio mapa do que na combinação com o mapa de alguém, mas que sem dúvida pode ser um começo numa analise de sinastria.

Áries, Leão e Sagitário combinam entre si e com Gêmeos, Libra e Aquário.

Touro, Virgem e Capricórnio combinam entre si e com Câncer, Escorpião e Peixes.

Gêmeos, Libra e Aquário combinam entre si e com Áries, Leão e Sagitário.

Câncer, Escorpião e Peixes combinam entre si e com Touro, Virgem e Capricórnio.

Fogo – Fogo

É uma relação animada. Paixão à primeira vista, ardente e sensual. As pessoas de signo de fogo compartilham do mesmo entusiasmo para aventura e para atividades físicas. São empolgadas e corajosas. Os problemas podem resultar da resistência em assumir compromissos e da dificuldade em ceder

Fogo – Ar

É uma relação criativa. A mente ágil e criativa do signo de ar quando se junta à iniciativa e coragem do signo de fogo gera idéias interessantes e a vontade de se transformar para colocá-las em prática. As diferenças dos signos ao invés de dificultar, estimulam a relação. Os problemas podem surgir na hora de demonstrar os sentimentos e encarar o lado prático e rotineiro da vida.

Fogo – Terra

É uma relação interessante. A princípio o signo de fogo se irrita com a necessidade de segurança e estabilidade do signo de terra, e o signo de terra se ressente com a necessidade de constantes mudanças do signo de fogo. Mas como não há amor impossível, justamente essas diferenças podem ser a chave para uma relação interessante. A pessoa de fogo pode se sentir mais livre para ousar confiando na segurança que a pessoa de terra lhe dá. E a pessoa de terra se sente mais confortável ao saber que a impulsividade da pessoa do signo de fogo promoverá as mudanças necessárias.

Fogo – Água

Uma relação passional. Esses elementos podem compartilhar emoções fortes mas seus sentimentos são de tipos bem diferentes. A pessoa de água se magoa com a falta de sensibilidade do signo de  fogo, enquanto a pessoa do signo de fogo se desanima com a introversão e falta de ambição do signo de água.

Ar – Ar

Uma relação mental. Pessoas dos signo de ar se sente muito estimuladas umas pelas outras. São comunicativas, falantes, gostam de conversar, trocar idéias e compartilhar interesses. Certamente se comunicarão muito bem mas o excesso de racionalidade pode dificultar a expressão dos sentimentos mais profundos.

Ar –Terra

Uma relação produtiva. O signo de ar, criativo, dá as idéias e o signo de terra, realizador, coloca em prática. Ao mesmo tempo o signo de terra fornece o senso de realidade necessário para o signo de ar dar vazão as suas idéias mirabolantes. Um estimula o outro. Mas ambos carecem de iniciativa, ambição e emotividade. 

Ar – Água

Uma relação imaginativa. O signo de ar entra com a clareza de pensamentos e o signo de água com a intuição e sensibilidade. A pessoa do signo de água é a fonte da emotividade e expressão dos sentimentos enquanto que a do signo de ar é a racionalidade e a lógica. Os problemas podem vir da falta de senso prático.

Terra – Terra

Uma relação segura. As pessoas do elemento terra compartilham a necessidade de segurança e estabilidade. Gostam das rotinas do dia a dia e da casa em ordem. São prática e racionais. Tem a mesma maneira de encarar a vida e isso pode tornar a relação duradoura. Os problemas vem da resistência em mudar, do excesso de racionalidade e da falta de romantismo.

Terra – Água

Uma relação duradoura. Normalmente estes signos formam relações longas e duradouras. Um se sente confortável com o outro. Enquanto o signo de terra fornece segurança ao signo de água, o signo de água traz mais emoção e sensibilidade ao signo de terra. As dificuldades podem surgir da falta de iniciativa.

Água – Água

Uma relação romântica. A capacidade de sonhar aliada à facilidade em demonstrar as emoções tornam essa relação muito romântica. Cada um compreende o outro em seus gestos mais sensíveis e nas idéias mais fantasiosas.  Os problemas vem da falta de senso prático e da dificuldade em encarar os problemas do dia a dia.

Mais combinações de signos solares:

Signos iguais
Simpatia imediata, se admiram  e se compreendem mutuamente, geralmente se sentem confortáveis um com o outro. Dificuldade: Tem as mesmas dificuldades o que pode tornar a relação pouco estimulante

Signos opostos
Atração imediata. A visão oposta pode trazer equilíbrio. As qualidades de um suprem as dificuldades do outro. 
Dificuldade: A longo prazo a diferença no comportamento e na atitude com a vida pode se tornar fonte de conflitos.

Signos adjacentes
São tão diferentes que isso pode se tornar uma fonte de atração.
Dificuldade: Antipatia imediata.

Signos alternados
São parecidos e diferentes o suficiente para tornar a relação estimulante. Dificuldade: Pode ser uma relação morna.

Signos de mesmo ritmo (cardinal, fixo e mutável)
As diferentes atitudes em relação a vida podem ser uma fonte de estimulo e admiração.
Dificuldade: As diferenças podem ser a fonte de desentendimentos.

Signos de mesmo elemento  (fogo, terra, ar e água)
A melhor combinação para relações afetivas e de amizade. Há entendimento e estímulo mútuo.
Dificuldade: A falta das mesmas qualidades acentua a dificuldade em encarar os problemas relacionados a elas.

Signos em quincúncio
Como os signos adjacentes, são tão diferentes que isso pode se tornar uma fonte de atração.
Dificuldade: Antipatia imediata.

E agora, você e o seu namorado(a) combinam?

Luciana Leme

 

mmm
Luciana Leme
 Astróloga
Rio de Janeiro
.
Veja aqui o
 elemento
do seu signo


 

,

 
 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright © 2000-2009 - AstroLógica